Tempo , , 0°C

Incêndio que destruiu Casa de Chá do Recanto Japonês completa um ano

 Extra!

Incêndio que destruiu Casa de Chá do Recanto Japonês completa um ano

Incêndio que destruiu Casa de Chá do Recanto Japonês completa um ano
agosto 28
14:06 2017

O incêndio que destruiu a Casa de Chá do Recanto Japonês completou um ano nesta segunda-feira, 28 de agosto. Um dos notáveis atrativos turísticos da cidade foi consumido pelo fogo, que segundo as investigações foi iniciado por vândalos. Hoje, um ano depois, não há previsão para que os projetos de reconstrução da casa sejam levados adiante.

A construção tinha estrutura de madeira e arquitetura que seguiam similares existentes no Japão. O fogo consumiu toda a casa, restando apenas a base de concreto.

Na manha de 28 de agosto do ano passado, o Corpo de Bombeiros chegou a ser chamado para combater as chamas acesas durante a madrugada, mas quando chegou nada mais podia ser feito. Na época, dois adultos foram presos e três menores apreendidos, suspeitos de terem provocado o incêndio.

O recanto turístico continua aberto à visitação do público, mas a casa que era uma marca registrada do lugar ficou apenas na memória. Os turistas que veem antigas fotos do lugar lamentam a falta do atrativo.

Sem recursos

O secretário de Turismo de Poços de Caldas, Ricardo Fonseca Oliveira, diz que por enquanto a prefeitura não tem recursos para a reconstrução. Mas garante que a casa deve ser reconstruída e um arquiteto especializado até já visitou o local em abril deste ano. De acordo com o secretário, um arquiteto japonês vai estimar o custo do projeto.

O secretário disse ainda que a prefeitura está fechando uma parceria com o Instituto Bunkyo, de São Paulo, especializado na cultura japonesa, para que a obra, além de arquitetura, tenha um laço cultural com o Japão. Mas ainda não é possível dizer quando o projeto deve sair do papel.

Compartilhar

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *