Prefeito assina Pacto Global para o Clima e Energia em cerimônia na PUC Minas Poços

Prefeito assina Pacto Global para o Clima e Energia em cerimônia na PUC Minas Poços

Prefeito assina Pacto Global para o Clima e Energia em cerimônia na PUC Minas Poços
setembro 06
14:55 2019

Foi realizada na tarde desta quinta-feira, 5, na PUC Minas Poços de Caldas, a cerimônia para assinatura do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia. A cerimônia aconteceu no auditório do prédio 9, reuniu alunos do curso de Relações Internacionais, professores, o Pró-Reitor Adjunto do Campus, Prof°. Iran Calixto Abrão, o Diretor Acadêmico do Campus, Prof°. Márcio Leandro Gonçalves e o prefeito Sérgio Azevedo e secretários.

O Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia é uma aliança global de cidades e governos locais voluntariamente comprometidos com a luta à mudança climática, reduzindo seus impactos inevitáveis e facilitando o acesso à energia sustentável e acessível para todos. Originou-se da junção do Compact of Mayors e o Covenant of Mayors, duas iniciativas pioneiras que buscam unir governos locais em prol de sociedades mais verdes. O Covenant of Mayors foi criado em 2008 para alcançar os objetivos 2020 da União Europeia; desde então, conseguiu a adesão de mais de 6800 cidades em 58 países.

O Pacto aborda três questões principais: a mitigação das alterações climáticas, que se refere à tomada de ações que visem a acelerar a descarbonização da atmosfera e diminuir o impacto produzido pela humanidade sobre o clima e o meio ambiente. A adaptação aos efeitos adversos das mudanças climáticas, que diz respeito às ações tomadas para que a sociedade se torne mais resiliente à degradação ambiental que já acontece, a fim de que se degrade cada vez menos. E por fim, o acesso universal a energia segura, limpa e a um preço aceitável.

Para a Professora do curso de Relações Internacionais, Mariana Balau, com a assinatura do Pacto, muitas portas vão se abrir. “Em momentos de contingenciamento de orçamento público, o município ter a oportunidade de receber financiamentos de agências de fomento como o Banco Mundial e a União Europeia, dão para a cidade um alívio para melhoria da qualidade de vida da população. Além disso, o Pacto contribui para que a cidade seja um ator importante na redução da emissão de gás de efeito estufa”, explica Mariana.

Segundo o prefeito Sérgio Azevedo, a assinatura do Pacto permitirá o desenvolvimento de novos projetos. “A cidade já está inovando, principalmente agora, em uma parceria com a PUC, onde será construída uma Unidade Básica de Saúde sustentável, que vai gerar sua própria energia e água”, comenta Sérgio.

Para o Pró-reitor adjunto do Campus, Prof°. Iran Calixto Abrão, a assinatura do Pacto vai gerar uma série de ações importantes. “Essa assinatura permitirá ainda que a Universidade participe de editais para buscar outros recursos de verba, até mesmo patrocinando bolsas de iniciação cientifica”, pontua.

O próximo passo é fazer um inventário de emissões de gás da cidade, outro do quanto a cidade emite e depois um plano de ação para redução dessas emissões. Esse plano de ação é financiado por agências como o Banco Mundial ou a União Europeia. O documento assinado na cerimônia será enviado para Brasília e depois vai para sede do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia em Nova York.

Compartilhar

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *