Novo modelo de atendimento reúne diferentes profissionais para o pré-natal

Novo modelo de atendimento reúne diferentes profissionais para o pré-natal

Novo modelo de atendimento reúne diferentes profissionais para o pré-natal
julho 11
15:35 2019

Hoje o pré-natal tem muito mais informação e práticas que auxiliam a mulher nas suas escolhas para si e para seu filho. Com o devido acompanhamento médico, o pré-natal, exames e orientações darão uma condição favorável a um momento tão especial que é o nascimento de um filho.

Um conjunto de profissionais, todos voltados para o bem estar da mãe e do bebê é cada vez mais comum. Os serviços envolvem toda a preparação numa época em que não bastam mais apenas exames como ultrasson ou os de laboratório para garantir que tudo corra bem. Eles são fundamentais e evitam situações indesejáveis mas as mulheres hoje são convidadas a serem protagonistas de suas escolhas e atuarem junto com os profissionais neste momento tão importante da vida. Suas atitudes na promoção da própria saúde e até o meio em que vivem podem influenciar sua saúde.

Não é exagero dizer que programas completos incluem para o bem-estar da mãe e consequentemente de seu filho, a atividade física, a nutrição adequada, incentivo à amamentação pelo prazo recomendado pela Organização Mundial de Saúde, técnicas de respiração e relaxamento e o planejamento para o parto.

Muitas vezes os próprios médicos ginecologistas e obstetras indicam este tipo de serviço no preparo para o parto, no que vem antes e o que vem depois dele.

Em alguns casos são conhecidos como cursos para gestantes e em outros são pacotes que incluem diversos serviços e tipos de atendimento que dão à mulher segurança durante e depois do nascimento do filho. “São as chamadas equipes transdisciplinares que promovem interação entre as disciplinas da ciência que estudam e aplicam conhecidos na área da saúde. A proposta é um atendimento integral para a mulher na fase mais especial de sua vida”, comentou a enfermeira obstétrica e consultora em amamentação, Dorise Simão. “Este tipo de atendimento não chega as ser uma novidade mas ainda precisa ser mais divulgado e acessível para as estantes porque promove conhecimento e bem-estar.”

Fisioterapia é uma aliada durante a gestação e auxilia mãe e bebê

A maioria das pessoas está acostumada a pensar na fisioterapia como indicada para um tratamento de saúde, ou seja, como apenas curativa. Mas as técnicas têm efeito preventivo, bastante significativo inclusive na gestação.

O conhecimento sobre si mesma é um grande diferencial quando o assunto é consciência corporal.

A gestação provoca alterações no corpo da mulher que são necessárias para o desenvolvimento do bebê. Tantas alterações podem provocar dores e desconforto na região da coluna e pernas, por exemplo. Os exercícios de alongamento, respiração, relaxamento e fortalecimento de músculos específicos ajudam a diminuir o desconforto.

É comum que a musculatura abdominal e do assoalho pélvico ou períneo também fique sobrecarregada e os exercícios orientados são grandes aliados para o fortalecimento destas regiões. A fisioterapia obstétrica ajuda ainda a preparar melhor o corpo para o parto.

O assoalho pélvico é um conjunto de músculos que sustenta a cavidade inferior da pelve, bexiga, útero, intestinos e ainda controla urina, fezes e funções sexuais.

“Mesmo que o parto for por cesariana ou normal é importante que a mulher faça uma avaliação e os exercícios indicados conforme cada pessoa para evitar disfunções”, comenta a fisioterapeuta Larissa Carvalho, especialista em uroginecologia, obstetrícia e sexualidade, do Espaço Primeiros laços.

A consciência corporal também ajuda no trabalho de parto. “Os exercícios podem ser repetidos nestas horas que antecedem o parto trazendo mais comodidade e controle. A respiração é um ótimo exemplo. Com o treino a respiração correta passa a trazer tranqüilidade e ajudar no controle da dor nas contrações, entre outros benefícios, diminuindo assim a necessidade de medicação”.

A fisioterapia ajuda a diminuir a ansiedade e melhora a qualidade de vida e a sensação de bem estar em qualquer época da vida. Junto a outras técnicas como a yoga, por exemplo, tem sido indicada na promoção da saúde nas mais diferentes épocas. Afinal entender o próprio corpo passa a ser uma maneira prazerosa de lidar com as mudanças ao longo da vida.

Compartilhar

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *