Tempo , , 0°C

Estudantes e professores participam do lançamento do Parlamento Jovem

Estudantes e professores participam do lançamento do Parlamento Jovem

Estudantes e professores participam do lançamento do Parlamento Jovem
março 13
15:05 2019

Estudantes e professores das 10 escolas que fazem parte do Parlamento Jovem em 2019, a Câmara de Poços participaram na última segunda-feira, 11, a cerimônia de lançamento do projeto na Câmara de Vereadores de Poços de Caldas. O evento contou, ainda, com a participação do presidente da Casa, Carlos Roberto de Oliveira Costa (PSC), e de vários vereadores, da coordenadora do Polo Sudoeste do Parlamento Jovem, Bruna Luíza dos Santos, da integrante do Conselho Municipal De Promoção de Igualdade Racial e Étnica (Compiré), Maria Augusta Clementino, e da presidente da Associação Cultural Afro-Brasileiro Chico Rei.

Neste ano, o tema do projeto é Discriminação Étnico-Racial, dividido nos subtemas Desigualdades socioeconômicas, Violências por motivo étnico-racial e Direitos às identidades e à diversidade cultural. Durante o encontro de lançamento, os alunos assistiram a um vídeo sobre o PJ, tiveram um momento de interação e receberam a primeira oficina de formação política, com a professora Isadora Prévide Bernardo, Doutora em Filosofia pela USP.

De acordo com a professora, o objetivo da oficina foi fornecer instrumentos e conceitos básicos da política para os alunos. “Iniciei a palestra com a definição do conceito de política e, em seguida, busquei discutir o que alguns filósofos entenderam como política e a reunião dos homens em sociedade. Com a introdução filosófica feita, analisei conjuntamente com os alunos os artigos primeiro e terceiro de nossa Constituição e demostrei as influências de alguns pensadores. Procurei, também, explicar os conceitos que compõem a expressão República Federalista Democrática Presidencialista do Brasil, mostrando a importância de cada uma das nossas instituições”, pontua.

Ainda segundo Isadora, o estudo do artigo 3º da Constituição Federal foi fundamental, tendo em vista o tema do PJ em 2019. “Acredito que, como o tema desse ano é discriminação étnico-racial, o estudo do Art. 3o da Constituição Federal é de grande importância, pois assevera como um dos objetivos da República Federativa do Brasil promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”, cita.

Sobre o incentivo à participação dos jovens na política, a professora ressalta a necessidade de desenvolvimento de projetos como o Parlamento Jovem. “Projetos dessa natureza são maravilhosos, pois não apenas despertam a consciência política dos jovens, como também fazem esses jovens abrirem seus horizontes de percepção do mundo. Eles se tornam conscientes de sua cidadania e de que as ações individuais refletem em toda a coletividade”, diz.

Laura Alves da Costa é aluna do 3º ano do Centro Educacional Poços de Caldas e participou, durante o lançamento, de uma dinâmica proposta pela coordenação municipal do projeto. Para ela, que está no Parlamento Jovem pela primeira vez, a expectativa é muito positiva. “No ano passado eu queria muito ter participado, mas não consegui. Esse ano eu e minha turma estamos aqui e adorando. O que o pessoal da Mesa disse foi inspirador, o vídeo também, pois é uma temática muito pessoal, tanto para mim como para a minha família e amigos. É uma oportunidade única de termos nossa voz ouvida”, ressalta.

A coordenadora do projeto em Poços, Tais Ferreira, afirma que o trabalho com os alunos é muito gratificante. “O lançamento é o pontapé inicial do Parlamento Jovem e é sempre muito gratificante ver como os alunos estão motivados a debater a temática proposta. A discriminação étnico-racial é uma demanda de nossa sociedade e tenho certeza que os jovens têm muito com o que contribuir na elaboração das soluções para esse problema”, destaca.

Escolas

Em 2019, participam do PJ as seguintes escolas: Escola Estadual Dr. João Eugênio de Almeida, Escola Estadual Francisco Escobar, Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (Escola Padrão), Centro Educacional Poços de Caldas, Instituto Educacional São João da Escócia, Colégio Sete de Setembro, Colégio Nini Mourão, Centro Educacional Inovação, Colégio Pio XII e Escola Profissional Dom Bosco. Poços de Caldas faz parte do Polo Sudoeste, formado também pelas cidades de Guaxupé, São Sebastião do Paraíso e Itaú de Minas.

Após o lançamento, várias atividades serão realizadas pela Câmara. O próximo encontro acontecerá no dia 20 de março, às 15h, quando os alunos receberão a segunda oficina de formação política, desta vez sobre o tema “O papel do vereador”, com o professor e Assessor Técnico Legislativo da Câmara de Poços, Filipe Sancho.

Além das oficinas e grupos de trabalho, os alunos participarão das plenárias municipal e regional para a discussão do tema principal, elaboração e votação de propostas. As sugestões selecionadas nos municípios serão levadas à plenária estadual, realizada em Belo Horizonte. Este último evento acontece na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, oportunidade em que o documento final, com as propostas de todas as cidades, é entregue à Comissão de Participação Popular da ALMG.

Projeto

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto de formação política e educação legislativa, desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais e PUC Minas, em parceria com Câmaras Municipais. Além de despertar nos jovens o interesse pelo exercício da democracia, o programa possibilita o conhecimento do processo legislativo, bem como a vivência em situações de debates e exposição de opiniões.

Compartilhar

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *