Jornalista Renan Muniz lança documentário: “A fascinante obra de Tom Waits”

Jornalista Renan Muniz lança documentário: “A fascinante obra de Tom Waits”

Jornalista Renan Muniz lança documentário: “A fascinante obra de Tom Waits”
outubro 04
15:19 2019

Esta semana o jornalista poços-caldense Renan Muniz publicou um documentário no YouTube, intitulado “A Fascinante Obra de Tom Waits”, com 50 minutos, contando a vida e a obra do músico. “Decidi fazer esse vídeo, pois sou fã do Tom desde 2009 e sempre encontrei uma dificuldade muito grande para achar conteúdo sobre ele. Por isso me dediquei a um extenso trabalho de pesquisa para produzir um vídeo com os principais acontecimentos de sua carreira. Foram incontáveis dias de leitura, busca por informações, gravações e dezenas de horas de edição”, disse Renan.

Enquanto a maioria dos artistas se preocupa em vender discos, fazer músicas comerciais e criar hits, o cantor/compositor americano Tom Waits busca a originalidade. Com sua voz inimitável e um estilo sonoro único, ele diz tentar fazer temas de aventura e halloween. Mas talvez o verdadeiro Tom Waits seja aquele das músicas arrebatadoras e melancólicas, com belas melodias dizendo coisas horríveis. Ao longo de sua vida ele passou por várias fases. Compôs baladas românticas e canções quase impossíveis de digerir. Chama a atenção pelo senso de humor, pelos sons que explora, parece incorporar um personagem. Seu trabalho é um dos mais ricos e fascinantes já produzidos.

O material aborda todos os discos de Tom Waits, incluindo os mais célebres trabalhos como Mule Variations, Rain Dogs e Bone Machine. Fala sobre vida pessoal do artista e suas participações em filmes, já que Tom também teve sólida trajetória como ator, contracenando com artistas como Sylvester Stallone, Jack Nicholson e Denzel Washington.

Além disso, aborda bandas e cantores que fizeram covers de suas músicas, como Rod Stewart, Bruce Springsteen, The Eagles e Ramones. Também exibe séries e filmes que incluíram canções de Tom na trilha sonora, como The Walking Dead, How I Met Your Mother, Shrek 2 e Clube da Luta. Uma das principais curiosidades é que Tom Waits foi inspiração para Heath Ledger criar o icônico Coringa do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, de 2008.

Tom Waits irá completar 70 anos em dezembro e atualmente mora nos Estados Unidos. Nunca esteve no Brasil, mas alguns artistas brasileiros prestaram tributo a ele. Destaque para os discos de Carlos Careqa, “À Espera de Tom” e “Por um Pouco de Veneno”, com paródias em português. E o projeto musical “Músicas Para Cortar os Pulsos”, de André Frateschi e Cida Moreira.

O documentário pode ser assistido na íntegra no YouTube. “Tom Waits não é um superstar. Ele produz uma arte eclética e experimental, nunca está a favor do vento. Algumas pessoas não conseguem compreendê-lo, acham sua música estranha e seu vocal irritante. É uma pena. Tom é um músico único, extremamente criativo, que não fica na zona de conforto, está sempre buscando algo novo. E isso, para mim, é a síntese perfeita de um artista completo”, finalizou Renan.

Compartilhar

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *